Tipos de Telhados: Os mais usados

Você sabe quais são os tipos de telhados mais comuns? Está com dúvidas na hora de escolher o melhor modelo de telhado para o seu projeto? Esse artigo é para você.

Um telhado é dividido em partes que chamamos de águas. Elas têm a função de fazer a água escorrer e sua quantidade vai depender do tamanho da casa e outras características.

Telhado de uma água

Geralmente, o telhado de uma água é utilizado em casas pequenas ou edículas. O telhado pode ser aparente ou embutido.

Tipos de Telhados: Telhado de uma água

Telhado de duas águas

O telhado de duas águas é muito utilizado em casas mais comuns, no padrão MINHA CASA, MINHA VIDA, do governo federal. As duas águas são divididas por uma linha central chamada de cumeeira. Existem basicamente dois tipos de telhado de duas águas: o americano e a cangalha.

Tipos de Telhados: Telhado de duas águas

Telhado de três ou mais águas

Os telhados de três ou mais águas são recomendados para casas maiores ou que têm um projeto arquitetônico diferenciado, seu custo é mais caro por conta da complexidade de execução e materiais.

Tipos de Telhados: Telhado de três ou mais águas

Veja também: https://arquitetoleandroamaral.com/tipos-de-telhas/

Telhado em L

A maior característica do telhado em L é o seu formato que é muito utilizado em casas que buscam aproveitar o muro na divisão arquitetônica.

Telhado sobreposto

O telhado sobreposto é um telhado sobre outro telhado, este modelo cria incríveis níveis de diferentes coberturas que agregam um visual mais charmoso para a fachada da casa. Apesar do custo alto, o sobreposto não exige uma quantidade ou tipos determinados de quedas de água por sua característica versátil.

Tipos de Telhados: Telhado sobreposto

Telhado invertido/borboleta

Este tipo de telhado é bastante usado em regiões mais secas devido à sua inclinação ser para dentro da edificação, com uma calha central, e não nas bordas como é mais comum. As quedas são inclinadas para o centro da cobertura.

Veja também:  5 Meios de Atrair Clientes na Arquitetura Pela Internet

Telhado curvo

Este modelo não é muito utilizado em estruturas residenciais, porém é bastante visto em quadras esportivas e barracões. O arquiteto brasileiro Oscar Niemeyer foi quem trouxe ao Brasil este modelo feito em concreto armado através de suas obras modernas e icônicas.

Tipos de Telhados: Telhado curvo

Telhado verde

Este é um modelo sustentável que segue a tendência da arquitetura verde. Com vários benefícios, entre eles o controle da umidade e do isolamento térmico. O seu visual com grama ou com plantas e flores concede o ar da natureza para o seu projeto.

Tipos de Telhados: Telhado verde

Chalé

Esse modelo é conhecido pela sua graça e charme. Inspirado na estrutura de chalés em que o telhado quase encosta na superfície, esta cobertura segue o modelo de duas águas, podendo também seguir a tendência sustentável que dará um encanto a mais nela.

Tipos de Telhados: Chalé

Telhado em diagonal

Esse modelo pode ser comparado com o telhado de uma água também conhecido como uma queda, o seu formato, sendo muito inclinado ou não, acaba sendo muitas vezes o elemento arquitetônico protagonista do projeto por sua irreverência.

Tipos de Telhados: Telhado em diagonal

Veja também: https://arquitetoleandroamaral.com/tipos-de-laje/

Telhado embutido

O telhado embutido também conhecido pelo nome platibanda, tem como principal característica estar escondido por uma pequena parede (platibanda). O modelo é muito usado em projetos de arquitetura atuais e modernos, por conceder um visual mais exuberante, clean e por ser mais valorizado nas obras por não necessitar de muito madeiramento em sua confecção.

Tipos de Telhados: Telhado embutido

Telhado de vidro

O telhado de vidro pode ser considerado um dos modelos mais bonitos. Sua principal função é promover a iluminação natural, além de poder apreciar o dia, noite, chuva ou sol em um espaço coberto e protegido. Apesar de requerer uma manutenção maior, o modelo é perfeito para projetos com um entorno natural.

Tipos de Telhados: Telhado de vidro

Tipos de Telhados: Componentes

Um telhado é dividido em componentes, e cada parte exerce uma função, podendo evitar goteiras, infiltrações e problemas estruturais, seus nomes são:

Águas

As águas são uma das partes mais importantes de um telhado, é nela que a chuva cairá e depois seguirá seu rumo de acordo com a inclinação, sendo levada para uma calha ou diretamente para o chão.

Cumeeira

A cumeeira serve para dar o acabamento e proteção quando duas telhas se encontram, existem inúmeros modelos que podem ser utilizados para fazer estas coberturas de telhas.

Espigão

O espigão serve para dar mais consistência ao telhado, sendo formado pelo encontro das águas de um telhado.

Rincão ou água furtada

O rincão ou também chamado de água furtada, ajuda a garantir o escoamento da água da chuva por meio da calha, desenhado com um vão entre as tesouras, que são as estruturas do telhado, feitas com uma angulação que favoreça que a água caia se concentrando a um determinado ponto.

Veja também:  Desenho Urbano: o que é? Exemplos e 4 tipos de desenho urbano

Tabeira

A tabeira é feita de madeira e serve como acabamento para um telhado, geralmente é utilizada para esconder ripas e caibros que fazem parte da sustentação.

Beiral

O beiral é uma parte que continua depois que o telhado acaba, tendo a finalidade de provocar a queda da água da chuva, fazendo com que ela não escorra pela residência ou edifício.

Calha

A calha é a solução caso você queira conduzir a água da chuva que cai em seu telhado para um determinado ponto, evitando danos em sua estrutura, como rachaduras e corrosões. É um excelente aliado para pessoas que desejam reaproveitar a água da chuva.

Rufo

O rufo é uma peça que fixamos em determinados locais de um telhado ou pela casa, que ajuda a evitar que a água entre na alvenaria, o que acarretaria em problemas no futuro.

Tipos de Telhados: Componentes

Tipos de Telhados: Componentes

Tipos de Telhados: Estrutura

A estrutura da maioria dos tipos de telhados será formada por:

Madeira

Estruturas de madeira demoram mais para ficarem prontas e as que usaremos devem possuir boa capacidade de carga, ser resistente a cupins e fungos, caso ela fique exposta deverá ser feito o uso de verniz, e sempre use manta térmica, pois garantirá um conforto térmico aos moradores da residência. As madeiras são subdivididas em:

Madeira legalizada

São extraídas seguindo as leis do país, podendo ser comercializadas.

Madeira certificada

Atende aos requisitos de qualidade e considera aspectos ambientais, sociais e econômicos.

Madeiras de lei

Estas madeiras possuem mais resistência mecânica e são mais resistentes a fungos e umidade, contam com diversas árvores que são consideradas madeiras de lei, como a:

  1. Andiroba;
  2. Ipê;
  3. Jatobá;
  4. Sapucaia;
  5. Peroba do norte;
  6. Imbuia;
  7. Mogno;
  8. Peroba rosa;
  9. Sucupira;
  10. Angico.

Madeira de reflorestamento

Diferente das madeiras de lei, as de reflorestamento não possuem tanta resistência mecânica e são mais fracas contra fungos e umidade, um ponto positivo deste grupo é que suas espécies crescem rapidamente e possuem madeira mais macia, algumas das árvores que fazem parte deste grupo são o:

  1. Eucalipto;
  2. Pinheiro Araucária;
  3. Pinus;
  4. Teca.

Madeira não aparelhada

Estas madeiras são vendidas de forma bruta, logo após serem serradas, o que resulta em pequenas imperfeições e a tornando muito utilizada em pontos que não serão vistos.

Tipos de Telhados: Estrutura

Estruturas de metal

Dependendo da região, as estruturas metálicas serão mais econômicas que as de madeira, pois são mais rápidas para executar, o que requer menos mão de obra, em todos os casos faça o uso de manta térmica, para garantir um conforto térmico aos moradores da residência, e tome cuidado com soldas mal feitas.

Tipos de Telhados: Estrutura

O que encarece o telhado?

O que irá deixar as estruturas de madeira mais caras é se houver muitos recortes e águas, se for feita com inclinação indevida, mão de obra especializada.

Veja também:  Contrato de Arquitetura: Modelos e 6 Dicas certeiras

Tipos de Telhados: Estrutura

Perguntas frequentes:

Qual é o tipo de telhado mais barato?

O tipo de telhado mais barato são os de fibrocimento, pois são telhas maiores e leves, o que resulta em menos unidades e mão de obra.

Qual é o melhor tipo de telhado?

O melhor tipo de telhado depende da sua necessidade, as telhas de cerâmica são as mais utilizadas em casas, as telhas de concreto oferecem um ótimo conforto térmico por isso são mais utilizadas na região sul do país, telhas de fibrocimento são mais usadas em telhados embutidos.

O que é mais barato: Laje ou forro de madeira?

O mais barato entre laje e forro de madeira é o forro de madeira, pois ele requer menos estrutura e menos mão de obra especializada.

Qual o melhor tipo de cobertura para área externa?

O melhor tipo de cobertura varia de região para região, o que vai influenciar na escolha é o design que deseja para esse ambiente, porém coberturas de vidro são sempre chamativas, pois ela propicia um ambiente bem iluminado com luz natural.

Qual a estrutura mais barata?

A estrutura mais barata vai variar de região para região, mas normalmente é a estrutura metálica, pois são mais rápidas para executar e instalar, diferente das de madeira.

Tipos de Telhados: Conclusão

Existem inúmeros tipos de telhados, você conseguiu escolher qual é o melhor modelo de telhado para o seu projeto? Deixe seu comentário abaixo sobre o que achou do artigo.