Moodboard na Arquitetura: Como fazer

No artigo de hoje veremos o que é o Moodboard na Arquitetura e para que serve esse termo tão conhecido no mundo do design.

Acredito que todos em algum momento do projeto fazem o uso do Moodboard, mas as vezes ele vem disfarçado com outro nome ou nem sabemos que possui um, tornando-se assim em uma etapa onde fazemos apenas o que deve ser feito sem nos prender em um termo que define essa ação.
Moodboard

Moodboard: O que é

O Moodboard é um mural com referências, materiais, texturas, cores, formas e frases com uma tipografia específica que fazem parte do mesmo conceito ou estilo. A tradução dessa expressão tão conhecida é a de Quadro de humor, o que de fato ele é. Sendo não só utilizado por designers de interiores e arquitetos, o painel conceitual é utilizado em quase todas as áreas do design, desde o design de produtos até o design de moda.

Nós arquitetos e designers de interiores usamos o Moodboard para sabermos quais materiais iremos utilizar, pois ele ajuda a definir as texturas e acabamentos.

O Moodboard pode ser feito em um painel ou parede, utilizando colagens de revistas e elementos físicos, e também pode ser feito pelo próprio computador com o auxílio de imagens e vídeos do Google, atualmente podemos contar com aplicativos para celular, softwares e sites famosos como o Pinterest, Canva, Niice e GoMoodboard que nos possibilitam criar o nosso Moodboard.

Talvez você conheça o Moodboard com outro nome como:

  • Painel semântico;
  • Painel conceitual;
  • Painel de inspiração;
  • Painel de imagens conceituais.

Moodboard: Para que serve

O painel de inspiração serve para organizar as ideias e torna-las visuais, o que acaba definindo a identidade de um projeto, fazendo a distribuição em um painel conseguimos nos orientar sobre qual conceito estamos utilizando e não se desvirtuar dele, resultando em um projeto mais especial.

Veja também:  3ds Max: Como baixar, Plugins e quais as Vantagens?

Muitos profissionais utilizam o painel conceitual para que o cliente possa acompanhar o desenvolvimento do projeto e ver a paleta de cores, móveis e materiais que estarão presentes depois do projeto concluído, e entender um possível significado, inspiração e conjunto de referências por trás do projeto.

Moodboard: Motivos para usar

Um dos motivos para se usar o painel semântico é que ele te ajuda a definir o conceito e estilo de um projeto, assim podemos fazer algo baseado em uma pessoa, marca, produto, ou serviço específico, tornando mais fácil a compreensão dos aspectos de materiais e cores que serão utilizadas.

Seu objetivo é o de traduzir a essência do que será feito, auxiliando no entendimento da ideia, e ver para qual lado devemos prosseguir com o projeto.

Moodboard: Exemplos

Moodboard

Moodboard

Moodboard

Moodboard

Moodboard: Como fazer

Para fazer um Moodboard você deve primeiramente definir um objetivo, caso você seja um arquiteto ou designer de interiores na maioria das vezes este objetivo será o de decoração de interiores e sacadas, em seguida defina qual o ambiente que será repaginado ou construído, mantenha a planta da casa ou cômodo no meio do seu campo de visualização, isso irá te ajudar a se manter focado no seu objetivo final.

Uma das etapas que mais gostamos de realizar é o de procurar referências e para fazer isso podemos utilizar o Google que nos disponibiliza diversas imagens ou fazer o recorte de revistas. O resultado deve ser de diversas imagens com referências que conversam entre si. Eu recomendo que utilize imagens que possuam somente o que deseja, sem entorno.

Um erro muito comum de profissionais que fazem o Moodboard é o de utilizar somente as imagens de mobiliários, se esquecendo da paleta de cores, definindo a paleta de cores você consegue determinar quais os móveis e texturas de paredes e pisos que serão utilizados.

Caso você tenha dificuldades para definir as paletas de cores de seus projetos eu recomendo o Adobe Color, nele você tem acesso a paletas de cores prontas e também é possível criar as mais distintas combinações de tons possíveis. Vá encaixando todas as imagens de referências em seu painel, sempre atento se essas possíveis combinações estão ficando interessantes.

Veja também:  Instalações Prediais: O que é? 4 dicas sobre como fazer

Coloque o máximo de elementos possíveis que podem ser utilizados, como objetos de decoração e plantas, fazendo essa inserção você economizará dinheiro, pois é comum projetarmos um espaço e comprar quaisquer objetos de decoração e vermos somente na hora de utilizarmos que não combina.

Podemos montar o painel semântico em uma cartolina, painéis de MDF ou pelo computador, para fazermos online temos alguns sites próprios para isso, como:

GoMoodboard

GoMoodboard é um site onde seu único objetivo é de se fazer painéis semânticos, sendo totalmente gratuito e fácil de utilizar, é só adicionar as imagens e deixar a criatividade fazer o restante.

Canva

O Canva é um site bastante utilizado por designers, e possui alguns templates de Moodboard, ficando ao seu critério se começa um do zero ou utiliza um pronto, apenas alterando as imagens e cores.

Pinterest

O Pinterest é um dos sites mais acessados para se buscar referências, sendo também possível a realização de um tipo de Moodboard, para fazer essa criação basta adicionar as imagens desejadas ao seu painel público/secreto e escolher as cores e tipografia.

PowerPoint

O PowerPoint é um programa que na maioria das vezes vem instalado no computador, e nele é possível trabalharmos sem internet.

Sketchup e Layout

Caso você já faça projetos no Sketchup e queira fazer o Moodboard no momento do detalhamento no Layout, também é possível, basta adicionar as imagens desejadas na interface do software e fazer a distribuição que preferir, para te ajudar a utilizar este programa de detalhamento poderoso, eu gravei uma aula especial que você pode assistir a seguir.

Perguntas frequentes

O que é um painel conceitual?

O painel conceitual é um painel com referências, materiais, cores e tipografia que fazem parte do mesmo conceito ou estilo, sendo também conhecido como Moodboard.

Que outro nome pode ser dado ao painel conceitual semântico?

Outro nome que pode ser dado ao painel conceitual semântico é o de Moodboard ou painel conceitual.

O que é Painel Semântico Behance?

O painel semântico Behance é uma imagem de Moodboard disponibilizado no site Behance como forma de portfólio, o Behance é um site onde profissionais oferecerem os seus serviços.

O que colocar em um painel Semântico?

Em um painel semântico podemos colocar referências, materiais, revestimentos, cores, tipografia ou qualquer outro elemento que vá auxiliar no entendimento do conceito a ser passado.

Veja também:  Como ganhar Dinheiro Rápido com Arquitetura: [2 FORMAS]

O que é semântica na língua portuguesa?

Semântica na língua portuguesa é o significado de uma palavra e a sua relação com o significante.

Para que serve projeto de interiores?

O projeto de interiores serve para termos um ambiente muito mais aproveitado, os apartamentos e casas estão cada vez menores e para termos espaços que atenda a todas as nossas necessidades o designer de interiores faz o projeto com foco no conforto térmico e acústico, ergonomia, luminotécnica, distribuição de mobiliário e muitos outros fatores.

Como funciona projeto de interiores?

O projeto de interiores funciona com a realização de briefing, uma etapa onde o designer irá saber quais são as necessidades e gostos de seu cliente, depois é feito o desenvolvimento de projeto que sendo aprovado é feito a execução.

Que Faculdade fazer para ser designer de interiores?

Para ser designer de interiores deve ser feito a faculdade de Design de interiores, no Brasil encontramos na maioria das universidades o curso de tecnólogo com a duração de apenas dois anos, e a de graduação com 4 anos. Podemos encontrar o curso de Design de interiores em institutos de ensino como Senac e Sebrae.