Como fazer um projeto de Arquitetura criativo e funcional

Hoje eu vou te mostrar como fazer um projeto de Arquitetura criativo e funcional.

Essa foi a dúvida que a Raquel Ramalho me enviou.

Raquel, muito obrigado por escrever, com a sua dúvida eu vou tentar responder da maneira mais interessante de como fazer um projeto de Arquitetura criativo e funcional.

Só que antes de mais nada quero lhe dizer que tem um presente à você, na descrição desse vídeo, é só você acessar.

Bom, como criar um projeto criativo e funcional, a primeira coisa que eu quero lhe dizer, é que ouvi muitas vezes pessoas reclamarem dos projetos do Niemeyer.

Dizem que os projetos dele por fora eram  lindos e realmente são lindos, eu tive a oportunidade de conhecer alguns.

Por exemplo o edifício Copam em São Paulo, que ao meu ponto de vista é um prédio fenomenal, um prédio muito bonito.

Tem as outras obras dele que eu não conheço, mas enfim.

Eu ouvi muitas pessoas reclamando que por fora era lindo e por dentro não eram funcionais, eram edifícios às vezes, com salas apertadas, com ventilações ruins.

Aqui em Rondônia

Trazendo e um pouco a situação, sou de Rondônia e aqui às vezes faz calor.

Não é muito como as pessoas pensam, mas faz calor, pelo menos na minha cidade mais fresca, é eleita a melhor cidade com clima da região norte do Brasil, mas ainda assim às vezes esquenta.

E o que a gente vê muito, são aquelas construções, aquelas lindas casas, com vidros.

Todos os lados vidros e o que acontece, é lindo.

Mas às vezes para o morador que vai morar naquela casa, aquela casa lá vai ser um “inferno” de quente, quente porque vai bater sol desde manhã, sol até de tarde.

Então o que eu quero dizer com isso, quero dizer que tem muitas pessoas que projetam, tem muitos arquitetos.

Tem muitos engenheiros que fazem seus projetos analisando apenas a função estética da coisa.

Isso aqui vai ficar bonito, não a janela assim, um vidro, um pé-direito alto assim fazendo um projeto de Arquitetura criativo e funcional.

Às vezes não leva em consideração que, calor vai entrar, leve em consideração, vou fazer um pé-direito alto porém as pessoa não pensam que quanto maior esse pé-direito mais ar-condicionado vai gastar, mais energia vai gastar.

Se para o cliente isso não foi problema!

Beleza, você poderá fazer o pé-direito alto.

Se o cara não se importa em gastar muito com ar-condicionado.

Necessidade dos clientes

O que eu quero dizer-lhe com isso, em relação a criar projetos de forma criativa e funcional.

Realmente você entender a necessidade do seu cliente.

Não é apenas querer colocar o seu gosto, o seu “achismo”.

Fazer um projeto de Arquitetura criativo e funcional de maneira que você vai achar mais bonito.

Quer colocar aquela parede linda de vidros?

Beleza!

Coloque, mas qual parede que eu posso fazer essa parte?

Qual lado da casa que eu posso fazer essa parede de vidro, que não vai afetar, ou vai afetar menos possível, dentro desta construção.

Faz sentido estou dizendo para você?

Opinião do cliente de Arquitetura

Para criar um projeto criativo e funcional, não é simplesmente, colocar vidro e que a opinião do cliente não é importante.

Não sou eu que vou morar lá mesmo e o cliente que se vire.

No meu ponto de vista, não acredito que as coisas sejam assim.

Por exemplo, tem forma de você criar um projeto muito bonito, um projeto muito bom.

Sem jogar vidro por todos os lados.

Então às vezes você vai colocar nesse lado onde pegue menos sol.

Nesse lado que tem mais sol, você põe alguma pedra, você põe algum tipo de parede com maior espessura.

Faz sentido isso que estou dizendo para você?

Então para responder essa dúvida, de como criar um projeto criativo e funcional.

 

Analise a vida do cliente

Analise a vida do cliente, análise quem vai morar dentro desse projeto que você está fazendo.

Aqui é um casal, aqui é um solteiro.

Enfim o projeto é como fazer um projeto de Arquitetura criativo e funcional o projeto não é para você, não é você que vai morar lá.

Então primeiro passo para criar um projeto criativo e funcional, vai de acordo com as necessidades do cliente.

Ele quer uma lavanderia maior, ele realmente precisa dessa maneira maior.

Faça uma lavanderia maior.

Beleza!

Agora para fazer um projeto de Arquitetura criativo e funcional, projetos mais belo, eu gosto muito de inspirar-me em projetos de outras pessoas.

Então nós temos o instagram com muitos projetos criativos e funcionais, nos temos um pinterest com muitos projetos criativos e funcionais.

Dei uma olhada em um projeto, poxa eu gostei de um pilar em diagonal por exemplo.

Beleza!

Aonde que eu posso aplicar esse pilar ou conceito desse pilar no meu projeto.

Que não copie o projeto do meu colega, mas que fique legal também em meu projeto.

Faz sentido que estou dizendo para você?

Agir na necessidade do meu cliente de Arquitetura

Dessa forma você consegue poxa eu vou agir na necessidade do meu cliente para fazer um projeto de Arquitetura criativo e funcional.

Qual a necessidade do cliente?

É isso, tudo bem, se não é beleza.

Agora que sei as necessidades do meu cliente eu vou para internet, vou analisar referências, analisar modelos parecidos.

Para além disso fazer um projeto de Arquitetura criativo e funcional

Poxa isso não ficou legal, isso ficou bacana.

Aí sim no meu ver, você vai conseguir a criar um projeto criativo e funcional.

E voltando ao assunto Niemayer.

Eu entrei no Copan, o único prédio que eu entrei projetado por ele, mas eu não achei  apertado, eu não achei os ambientes mal dividido, achie um projeto de Arquitetura criativo e funcional.

Talvez isso seja uma lenda urbana, talvez sejam pessoas que realmente não gosta Niemayer, e nada que ele fizer vai ser bom.

Mas o Copan que foi o que eu conheci, eu achei muito bonito por dentro e por fora.

Mas porque achei interessante te dizer isso?

Porque às vezes você já foi em outros prédios dele.

Talvez você vai saber dizer melhor se o que estou dizendo faz sentido ou não.

Dos ambientes internos, dos projetos de Arquitetura criativo e funcional, serem menores e serem mais apertados.

Onde gera muita onda de reclamações.

Então espero que você tenha gostado

desse vídeo.

Nos vemos em um próximo vídeo, um abraço e até mais

Acesse.

É bem provável que se você aplicar os conhecimentos do vídeo, você terá mais facilidade de melhorar suas maquetes eletrônicas.

Vamos ao vídeo!

Caso você não saiba o que é o Vray, acesse:

https://arquitetoleandroamaral.com/vray-o-que-e-o-que-significa-o-que-faz-o-vray/