Dicionário de Arquitetura: 114 Palavras e Expressões de Arquiteto

Em alguns momentos somos surpreendidos por termos que mesmo sendo comuns da profissão, acabam não fazendo tanto sentido a primeira vista, e é fundamental aprendermos tudo sobre essas palavras, pois elas trarão conhecimento.

Se você ainda é estudante de arquitetura e está começando na carreira, você precisa enriquecer o seu dicionário de arquitetura o quanto antes.

Por isso, neste artigo separamos por ordem alfabética todas as palavras mais faladas e estranhas que talvez ainda não conheça, mas sim, acrescentará muito na sua carreira como arquiteto.

Leia abaixo uma lista de palavras estranhas que os arquitetos usam:

Abóbada

A abóbada é uma construção em forma de arco que cobre um determinado espaço compreendido entre muros, pilares ou colunas, cobrindo de forma preliminar e no espaço distinto.

Adobe

Adobe é uma espécie de tijolo, feito da mistura de barro cru, areia, estrume e fibra vegetal, feito artesanalmente, gerando bastante eficácia na construção.

Uma parede feita com esse material deve ser revestida de massa de cal e areia, pois precisa de um revestimento certo e que tenha uma vida longa.

Aglomerado

O aglomerado é uma placa composta de serragem compacta com cola e, prensada entre duas placas de madeira.

Agregados

Quando precisamos preparar o concreto, precisamos de material mineral como areia, brita e esses são chamados de agregados. Os primeiros utilizados são aqueles encontrados na natureza, extraídos de formações rochosas. Como por exemplo o pedregulho.

Água de telhado

É a forma chamada do plano inclinado do telhado, de forma que é feita distinta para o declínio do telhado.

Dicionário de arquitetura

FONTE: https://i.ytimg.com/

Alicerce

O alicerce é a fundação, a base da edificação, onde ocorre o sustento da casa, trazendo segurança.

Alinhamento

É a linha de borda de um terreno ou a margem frente de uma construção, trazendo o alinhamento para ambas as áreas.

Almofada

A almofada é uma peça saliente em uma porta.

Alpendre

O alpendre geralmente é uma extensão de um telhado sobre uma porta de entrada, trazendo sombra ou abrigo estendido a um pátio ou área frontal.

Aprumar

Aprumar é o nome dado para alinhar e ajustar para não ficar torto ou tombado, ou seja, acertar a verticalidade de uma parede ou coluna por meio do prumo.

Arcada

Arcada é a sucessão de arcos.

Dicionário de arquitetura

FONTE: https://upload.wikimedia.org/

Arco

É um elemento construtivo em traçado curvilíneo destinado a reunir dois pontos de apoio, formando então o arco.

Aresta

A aresta é uma linha de intersecção entre duas superfícies que cortam em ângulo vivo.

Arquitrave

Arquitrave é a viga horizontal de sustentação que une duas colunas ou dois pilares, fazendo uma junção jus ao nome.

Átrio

O átrio é o pátio de entrada de uma casa, a parte inicial, onde pode até ser colocado um hall de entrada.

Balanço

O balanço é a situação em que um elemento de uma edificação possui um apoio numa extremidade, mas encontra-se sem apoio na outra.

Significa que ela está apoiada e tem contrapeso em somente um dos lados.

Balaústre

Balaústre é uma pequena coluna ou pilar que sustenta um corrimão.

Baldrame

O baldrame é a designação genérica para alicerces de alvenaria, isto é o alicerce, uma viga de fundação, é um tipo comum para pequenas edificações, considerada um tipo raso.

Bandeira

Bandeira é caixilho ou quadro situado na parte superior de portas e janelas, muitas vezes fechado com vidro transparente ou mosaico colorido. Podendo ser aberto para ventilação de ambientes.

Veja também:  Arquiteto De Sucesso: 14 Dicas para se tornar um

Barrado

Um revestimento colocado na metade inferior das paredes, barrado é o nome dado para esse revestimento.

Barrote

Uma pequena peça de madeira fixada na laje e que permite a fixação do piso de tábua.

Dicionário de arquitetura

FONTE: https://www.madel.com.br/

Basculante

Um sistema de abertura de janela, onde a folha gira em torno de um eixo até atingir posição perpendicular ao batente ou esquadria.

A mesma funciona através de um básculo, isto é, uma alavanca posicionada em sua lateral. Muito usada em lugares altos ou com acesso dificultado.

Beiral

O beiral é a parte do telhado que vai além da parede externa do edifício, ficando em balanço ou suportado por mãos francesas, posicionada para uma sombra ou proteção de chuva.

Berço

Abóbada de berço, gerada por um arco, também conhecida como abóbada de canudo, abóbada cilíndrica ou abóbada de canhão.

Betão

Dicionário de arquitetura

FONTE: https://ciamh.up.pt/

Betão é o nome dado também ao concreto, uma massa compacta feita de cimento, areia, brita e água.

Existem dois tipos, o primeiro pode ter agregados miúdos (areias naturais ou artificiais) o segundo agregados graúdos (pedras britadas ou seixos).

Bisotado

Uma peça plana, como um espelho, cujas bordas são chanfradas, desta forma trabalhada da melhor maneira.

Boneca

Uma boneca é a saliência de alvenaria onde é fixado o marco da porta ou da janela.

Brise

Brise, também chamado de brise-soleil ou quebra-sol, é uma peça disposta na vertical ou horizontal diante de fachadas para proteger janelas dos ventos ou luz solar excessiva.

Caiar

Caiar é o modo de pintar uma parede ou muro usando cal diluída em água.

Caibro

Caibro, uma peça que sustenta as ripas do telhado.

Capitel

Uma parte superior e mais larga de um pilar ou coluna recebe o nome de capitel.

Caixilho

O caixilho é a parte da esquadria de uma porta ou janela que sustenta a chapa interna da peça.

Calafetar

Calafetar é a forma de vedar pequenos buracos surgidos durante uma obra, é o modo mais eficaz de preenchimento.

Cerca viva

Dicionário de arquitetura

FONTE: https://http2.mlstatic.com/

Cerca ladeada de vegetação ou construída por arbustos.

Cisterna

A cisterna é um reservatório de água inferior de um edifício, ligada na rede de abastecimento e que serviria como reserva, inclusive guardando água das chuvas.

Cobogó

Cobogó, um elemento vazado utilizado para construção de paredes com função decorativa, não estrutural, de forma que promova mais iluminação e ventilação.

Alguns lugares do Brasil, inclusive no Nordeste, o nome sofreu algumas variações, tais como combobó, combogó, comogó, comongol, comogol, comungó.

Contraforte

Contraforte é o corpo maciço de alvenaria aplicado à extremidade de uma parede como reforço estrutural.

Cornija

A cornija é um ornamento saliente que fica na parte de cima de uma porta.

Corte

O corte trás uma representação gráfica da “fatia” vertical de uma edificação. Com o corte é possível também entender o gráfico de maneira que a edificação seja concluída concretamente.

Cortina

A cortina é uma fortificação ou um pano de muralha, que serve para separar ou cobrir certa área.

Chapiscar

Chapiscar é lançar argamassa de cimento contra uma parede crua, para facilitar a aderência das camadas seguintes de revestimento.

Chumbar

Chumbar é penetrar, fixar com cimento.

Claraboia

Dicionário de arquitetura

FONTE: https://www.solucoesindustriais.com.br/

Uma abertura feita no alto das edificações e que serve para levar luz para dentro de interiores, geralmente, sem janelas. Postas para trazer ventilação e luz, de forma também criando uma decoração no teto.

Croqui

Croqui é um esboço que os arquitetos usam para representar suas primeiras ideias de projeto.

Cumeeira

Cumeeira, também chamada de linha de cume ou espigão, é parte mais alta de um telhado com águas.

Cul-de-sac

Cul-de-sac é uma expressão de origem francesa que significa fundo de saco. O termo é muito utilizado para designar becos ou ruas sem saída. Porém numa tradução mais adequada seria usada como balão de retorno. Esse espaço se caracteriza por um espaço ampliado no fim de uma rua sem saída, sendo uma solução para o retorno de automóveis sem que isso interfira no tráfego no local.

Cúpula

A cúpula é a abóbada em forma de “taça posta às avessas”.

Cura

Cura é um processo de secagem pelo qual passa a massa de concreto.

Curva de nível

Uma linha vista em planta baixa e que indica as altitudes de um terreno, o seu relevo.

Veja também:  Como ler Projeto Estrutural: Guia passo a Passo

Dilatação

Dilatação é o aumento do volume dos corpos a partir, principalmente, da ação do calor.

Duto

Dicionário de arquitetura

FONTE: https://yata-apix-b35d4c87-9c92-42ba-b2ce-fa0b957d743a.lss.locawebcorp.com.br/

Um duto é tudo que conduz líquidos, fios ou ar.

Edícula

A edícula é uma casa pequena localizada no fundo de um terreno, geralmente usada para deposito ou um quarto extra.

Dicionário de arquitetura

FONTE: https://http2.mlstatic.com/

Elevação

A elevação é a representação gráfica da fachada de uma edificação.

Empena

A parte superior – triangular – de uma parede externa, frontão, referida pelo nome de empena, que o nome mesmo faz jus.

Empena cega

Uma Empena Cega nada mais é do que uma fachada que não possui abertura. Não tem portas, janelas e nenhum outro elemento na sua construção. Muitos grafiteiros usam a empena cega como tela para seus trabalhos.

Entablamento

O entablamento, um conjunto de molduras usadas para ornamentar a parte superior das fachadas.

Espigão

Espigão é uma aresta saliente formada pelo encontro de duas águas em um telhado.

Estaca

É a peça longa que é cravada na terra onde é transmitido o peso da construção até as partes subterrâneas do solo, firmando e dando continuidade na construção.

Estuque

O estuque é um tipo de massa a base de cal, gesso, areia, cimento e água que serve para revestimento de paredes e forros.

Fiada

Dicionário de arquitetura

FONTE: https://i.ytimg.com/

Fiada tem o nome por conta da fileira horizontal de pedras ou de tijolos – de mesma altura – que fazem parte da formação de uma parede.

Fibrocimento

Fibrocimento é o material que resulta da união do cimento comum com fibras de qualquer natureza.

Frechal

O componente do telhado que se apoia sobre o topo da parede, servindo de apoio à tesoura, um formato cortado de madeiras especifica.

Friso

O friso, uma parte do entabelamento compreendido entre a arquitrave e a cornija.

Frontão

Um coroamento em forma triangular sobre uma parede externa e que é uma característica arquitetônica de muitas ordens clássicas.

Galvanizado

Uma peça recoberta com uma superfície metalizada, protegida da corrosão.

Geminada

Dicionário de arquitetura

FONTE: https://www.totalconstrucao.com.br/

Geminada são as unidades de habitação, coladas, lado a lado, parede com parede, que possuem alguma interligação ou estrutura em comum.

Guia

Guia é a peça de pedra ou betão que delimita a calçada da rua, cimentada concretamente ou de outras formas.

Lambri

O lambri é o rodapé, faixa inferior das paredes.

Dicionário de arquitetura

Layout

O layout é a distribuição de certos elementos, como móveis, dentro de um espaço construído.

Marquise

Marquise é a pequena cobertura ou laje fixada na parte externa de uma edificação, sobre uma porta de entrada, geralmente em balanço.

Mezanino

Mezanino, um piso intermediário que interliga dois pavimentos, que se volta para um nível inferior com o pé-direito duplo.

Em alguns projetos, faz-se necessário um ambiente com um pé direito mais alto. A solução será fazer um pavimento duplo e da sessão intermediária dele surgir um pavimento aberto, fazendo assim a integração de múltiplos ambientes. Normalmente usado em livrarias, bares, restaurantes e alguns apartamentos.

Mísula

Mísula é o elemento arquitetônico saliente e de apoio em forma de ‘S’.

Montante

O montante é a peça vertical, de madeira ou metálica, que serve de sustentação a elementos da construção ou de divisão entre vãos.

Muro de contenção

O muro que contém terras e pedras de uma encosta, impedido que deslizem além de uma margem.

Dicionário de arquitetura

FONTE: https://mpterraplenagem.com.br/

Muxarabi

A peça feita de tramas de ripas de madeira usada para fechar janelas e varandas, permitindo, ainda sim, aproveitar a ventilação natural.

Nivelar

Nivelar é regularizar um terreno por meio de aterro ou escavação, deixando plano ou equilibrado.

Dicionário de arquitetura

FONTE: https://www.dicasconstrucoes.com.br/

Ogiva

É o arco que marca uma aresta de uma abóbada do tipo gótica.

Ombreira

Ombreira é a peça vertical de uma porta ou janela responsável pela sustentação das vigas superiores.

Orientação

Uma posição da casa em relação aos pontos cardeais, formando a orientação.

Ornato

O elemento com função decorativa, chamado pelo nome de ornato, derivado da ornamentação.

Dicionário de arquitetura

FONTE: https://ceusa.com.br/

Pano de Vidro

Uma fachada envidraçada tem o nome de pano de vidro.

Palafita

Dicionário de arquitetura

FONTE: https://st3.idealista.pt/

A palafita é uma estaca que sustenta uma habitação sobre a água, muito comum no Norte do Brasil e em países onde tem muito rios.

Passadiço

O corredor, galeria ou ponte que liga dois setores de uma construção.

Patamar

O patamar é um piso que separa dois lances de escada.

Veja também:  Briefing de Arquitetura: Como fazer em 6 Passos + 1 Presente

Pé-direito

É a distância vertical de um ambiente – do piso até o teto.

Peitoril

O peitoril, também chamado de parapeito, parede ou grade de proteção com medida até a altura do peito, à borda de janelas, varandas e terraços.

Pérgula

Uma cobertura decorativa utilizada em jardins e formada por barrotes e pilares, às vezes rodeada por plantas.

Pilotis

Pilotis, um conjunto de colunas de sustentação de uma construção que deixa livre e sem fechamento o pavimento térreo.

Pináculo

O ponto mais alto de uma edificação, peça piramidal ou em cone que amortece o peso de um ponto de apoio vertical.

Portal

O portal é a “porta monumental”.

Dicionário de arquitetura

FONTE: https://i.pinimg.com/

Pórtico

Um local coberto na entrada de um edifício, de um templo, de um palácio; galeria cujo teto ou abóbada são sustentados por colunas ou por arcada.

Platibanda

Platibanda, uma faixa horizontal que emoldura a parte superior de uma edificação, com a função de esconder o telhado.

Planta livre

Quando um arquiteto diz que desenvolveu um projeto com uma planta livre está se referindo a um pavimento que possui só a estrutura, sem compartimentação. Planta livre é muito utilizada em edifícios corporativos que não necessitam de divisórias.

Prumada

Uma direção vertical de uma parede determinada por um prumo.

Prumo

Um elemento que verifica o paralelismo ou a verticalidade de uma parede, pilar ou coluna.

Rufo

O rufo é a chapa que é colocada na linha de encontro entre a água do telhado com a alvenaria, protegendo o interior da construção de possíveis infiltrações de água da chuva.

Dicionário de arquitetura

FONTE: https://www.fazfacil.com.br/

Saibro

Uma areia grossa de cor avermelhada ou amarelo-escura, usada na composição das argamassas.

Sapata

A sapata é a parte da fundação, como pilastra que fica enterrada no solo e ligada a outras sapatas pelo baldrame, distribuindo as cargas dos pilares de forma isolada. Também como uma pequena laje colocada ao longo da alvenaria, distribuindo a carga da estrutura por uma faixa maior de terreno.

Dicionário de arquitetura

FONTE: https://i.ytimg.com/

Seixo rolado

O seixo é uma pedra arredondada e lisa, retirada de rio ou obtida artificialmente – rolados em máquinas.

Sifão

O sifão, peça localizada na saída da água nos vasos sanitários, ralos e caixas de inspeção de esgoto e que impede o retorno dos resíduos sólidos, líquidos sujos e maus cheiros.

Shaft

O shaft, vão interno em uma construção que serve para passagem de tubulações e instalações verticais, comum em banheiros e cozinhas.

Talude

Rampa ou inclinação de um terreno feito por meio de uma escavação.

Tapume

O tapume é a vedação provisória feita de tábuas que separa a obra da rua.

Terça

A terça, viga que sustenta os caibros do telhado, pode ser de madeira ou metálica.

Terraplanagem

Dicionário de arquitetura

FONTE: https://www.significadofacil.com/

Terraplanagem, preparação de um terreno para o uso.

Testada

A testada é o lado do terreno voltado para o logradouro público.

Tirante

O cabo de ferro tensionado, que absorve empuxos laterais de parede ou abóbadas, ajuda no sustento ou na composição de uma peça estrutural, como uma laje de concreto.

Treliça

Treliça é o cruzamento de ripas de madeira ou metal que ajuda na sustentação de um telhado.

Verga

Dicionário de arquitetura

FONTE: https://i.ytimg.com/

A peça de concreto ou madeira colocada sobre os vãos de portas e janelas que apoia a continuação da parede.

Vigota

Uma pequena viga.

Vitrificado

Um material que assume aparência de vidro.

Voluta

O ornato em forma de espiral.

Zincado

Dicionário de arquitetura

FONTE: https://www.acoplano.com.br/

Um material que foi revestido de zinco.

Zoneamento

A divisão de uma cidade em zona diferenciada, estabelecida por um Plano Municipal.

Conclusão

É muito interessante quando paramos para aprender palavras novas do Dicionário de Arquitetura, continue buscando conhecimento, deixe seu comentário e se tiver outra palavra que queira adicionar no nosso dicionário, escreva para nós. Abraços.