Projetos de casas são os projetos mais executados desde sempre. A casa própria é o sonho de muitas pessoas e construir do zero, apesar de mais trabalhoso, é o ideal, pois independente do porte da sua residência, você pode modelar ela de acordo com as suas necessidades.

Projetos de casas: O que é e para que serve?

Projetos de casas: o que é e para que serve?

O que é projeto de casas e para que serve?

Nos primórdios da humanidade, quando o ser humano deixou de ser nômade e passou a ficar em um só lugar, a “casa” da época tinha basicamente a função de abrigo.

Hoje em dia, uma casa possui usos muito mais complexos do que isso. Tudo pode acontecer em uma casa em nosso atual contexto.

Elas, além de abrigo, podem aceitar áreas de lazer, espaços externos, ou até zoológicos e parques de diversões (Michael Jackson que o diga).

Projetos de casa são projetos arquitetônicos de residências. Eles servem para criar e guiar todo o desenvolvimento e construção da obra. Existem muitos tipos diferentes de casas e as possibilidades são infinitas.

Cada residência tem uma conformação espacial e um programa completamente diferente. Um bom projeto de uma casa atende às necessidades de seus usuários e habitantes.

Importância dos projetos de casas

A ideia de abrigo, não surgiu do nada, nossa casa costuma ser nosso porto seguro, o lugar que podemos fazer tudo o que quisermos e um lugar para descansar. A sensação de liberdade é extremamente importante na hora de projetar uma casa.

Do ponto de vista social, a casa pode ser também, um símbolo de status. Ela pode ser ponto de encontro e socialização. Mas como manter a privacidade e a liberdade ao mesmo tempo que promove a interação social?

Tudo isso deve ser muito bem pensado pelo arquiteto, uma vez que cada tipo de padrão social de uso vai requerer ambientes, dimensões e soluções diferentes.

Como criar projetos de casas: programas e softwares

Como criar projetos de casas programas e softwares

Como criar projetos de casas: programas e softwares

Afinal, como criar um projeto de uma casa? Se você tem essa dúvida, nós te ajudamos. Antes de tudo, você precisa saber qual software vai usar para o desenvolvimento e representação do seu projeto.

Essas representações podem ser feitas por meio de desenhos técnicos e humanizados, de representações gráficas e diversas outras documentações. Cada projeto tem necessidades diferentes, mas existem etapas que são comuns a todos. Veja: Projeto de arquitetura: etapas do projeto, como cobrar e como fazer.

Existem muitos programas desenvolvidos para os profissionais da área da construção, eles foram criados com o objetivo de auxiliar no desenvolvimento dos mais diversos projetos.

Os 5 programas para desenvolvimento de projeto mais usados são:

1. SketchUp

O SketchUp funciona de forma bem mais intuitiva do que os outros softwares presentes no mercado hoje. É um software bem claro e simplificado, com ferramentas bem definidas e desenvolvidas. Possibilita a fácil elaboração de diferentes formas e volumes.

Além do projeto arquitetônico, o programa também permite a modelagem de topografias mais complexas. A implantação por sua vez pode ser repensada e alterada de forma prática.

2. AutoCad

O Autocad te permite fazer tanto desenhos 2D quanto 3D. Comumente usado para desenhos técnicos, é possível fazer modelagem 3D e ainda facilita a comunicação entre profissionais trabalhando no mesmo projeto.

3. Revit

O Revit faz parte de uma tecnologia que está em ascendência, o BIM (Building Information Modeling), em português Modelagem de Informações de Construção. Este é um programa que teve suas funções desenvolvidas pensando nos profissionais de arquitetura. Nele também é possível compartilhar o acesso, assim qualquer colaborador pode entrar e editar o modelo.

4.V-Ray

O V-Ray é um plugin, ou seja ele é usado como uma extensão em programas de modelagem 3D como o SketchUp, 3DSMax e outros. Uma vez instalado ele possibilita a criação de imagens com acabamento foto-realístico. Em possibilidade de variações o V-Ray tem uma amplitude maior.

5. Lumion

O Lumion é um software desenvolvido para renderização, ou seja, ele transforma a modelagem em uma imagem foto-realista.Sendo uma ferramenta de renderização multifuncional o Lumion da vida instantânea ao seu projeto com paisagens realistas e contexto urbano, efeitos incríveis e milhares de objetos e materiais da biblioteca de conteúdo.

Dicas básicas para criar um projeto de casas

O projeto de uma casa é cheio de detalhes. Essa grande quantidade de coisas para fazer pode acabar se perdendo no processo de desenvolvimento. Para te ajudar a evitar alguns erros, e a não esquecer de nada, preparamos 8 Pontos Importantes na hora de criar o projeto de uma casa. Acompanhe!

Faça um croqui ou um esboço no papel

Projetos casas

O croqui na arquitetura serve como auxiliador na transmissão de ideias e na captura de momentos.

O croqui oferece uma liberdade de traços única, possibilitando ao profissional, desenvolver projeto diferenciados e cheios de criatividade. Qualquer coisa imaginável é passível de criação através do croqui.

Cálculo de proporção e escala corretos

Projetos de casas

A proporção é disposição coerente e harmônica das partes que formam um todo; simetria ou harmonia. Em um desenho é muito importante manter a proporção adequada para evitar erros de interpretação na hora de construir.

Na arquitetura, escala é aquilo que é representado através de medidas de um espaço. Basicamente, o cálculo da escala é feito pela relação entre a distância no mapa (d) e a distância real (D), ou seja:

E= d/D

Na verdade, existem 3 tipos de representatividade de escalas:

  1. Escala de redução: Por exemplo,  1/5 (um por cinco)
  2. Escala real: 1/1 ou 1:1 (um por um)
  3. Escala de ampliação: 5/1 ou 5:1 (cinco por um)

Quando se trata de desenho na arquitetura, profissionais costumam usar escala de redução equiparada com a escala real, para dar efeito comparativo.

Considerar a incidência solar

Projetos de casas dicas

Um dos fatores mais importantes a se considerar quando se pensa em iniciar uma obra, é o posicionamento da construção no terreno em relação ao sol. Ou seja, a orientação solar.

Este é um aspecto simples porém indispensável. Ignorar a incidência solar é basicamente garantir problemas futuros. Trabalhar em harmonia com a luminescência solar influi em diversas variáveis como conforto, sustentabilidade e até a duração de estruturas e móveis.

As 3 principais perguntas que se deve fazer ao iniciar o projeto são:

  1. Onde está o norte?
  2. Onde o sol nasce?
  3. Qual é o melhor posicionamento?

Para quem vive no hemisfério sul, a face norte é a que recebe a maior parte da insolação diária. A face leste recebe o sol da manhã, a oeste recebe o sol da tarde e a face sul é a qual incide menor quantidade de raios solares.

O sol é mais do que uma fonte de vida e energia, mas uma forte influência para os projetos arquitetônicos. O estudo da insolação de uma casa garante conforto térmico e a valorização financeira do imóvel.

Considerar a ventilação

O conforto térmico é um dos pilares da boa arquitetura, e nada mais racional do que utilizar o vento, um recurso natural, gratuito e renovável, para melhorar o conforto da construção.

Entre as principais vantagens da utilização da ventilação natural estão:

  1. Melhora da qualidade interna do ar;
  2. Criação de ambientes salubres;
  3. Ambientes com temperaturas confortáveis;
  4. Redução dos gastos energéticos.

Existe uma série de sistemas e técnicas de ventilação que podem auxiliar nos projetos. São eles:

Ventilação Cruzada Natural

VENTILAÇÃO-CRUZADA-PARALELA

Fonte: Pinterest

Neste tipo de ventilação as aberturas são dispostas em paredes opostas ou adjacentes, permitindo a entrada e saída do ar. Ele permite trocas constantes de ar dentro da edificação, são mais indicadas às construções em zonas climáticas com temperaturas mais elevadas.

Ventilação Induzida Natural

ventilação-cruzada

Fonte: ArchDaily

Aqui, a indução térmica é utilizada na condução do resfriamento do ar. O ar quente é mais leve que o ar frio, ou seja, o ar quente tende a subir e o ar frio a descer. Sendo assim, as aberturas são posicionadas próximas ao solo, para que o ar fresco entre no espaço empurrando a massa de ar quente acima, onde estão posicionadas saídas de ar no teto.

Resfriamento Evaporativo

Resfriamento evaporativo projeto de casas

Fonte: Projeteee

Neste sistema, lagos ou espelhos d’água são posicionados estrategicamente na direção das correntes de ar predominantes, frente aos edifícios, com aberturas. Assim, ao passar pela água, o vento segue com certa porcentagem de umidade, garantindo o frescor. Muito indicado para climas áridos.

Agrupar as áreas molhadas

COZINHA-COM-LAVANDERIA-PROJETO-DE-CASA

Tudo dentro da obra tem um custo, e um dos trabalhos do arquitetos é fazer com que esses custos não ultrapassem o orçamento ou até mesmo diminuí-los quando possível.

As instalações hidráulicas, normalmente, equivalem de 7% à 11% do valor total da obra. Mas é possível reduzir os valores ao utilizar alguns recursos.

Se agruparmos áreas como, banheiros, cozinhas e área de serviço, eles podem utilizar a mesma parede hidráulica o que gera economia.

Além disso, o posicionamento da caixa d’água, também pode reduzir os custos. Quando posicionada perto das áreas molhadas, a pressão da água nos equipamentos será maior, e o gasto com as tubulações para distribuição será menor.

Não deixar o banheiro em áreas de uso comum

BANHEIRO

Na hora de projetar, é importante observar para que seu banheiro nunca fique com a porta de frente para ambientes de uso comum, como sala e cozinha. Isso garante a privacidade pois evita situações como por exemplo, dar de cara com as visitas ao sair do banho de toalha por exemplo.

Dimensionamento de aberturas

JANELAS-E-PORTAS-PROJETOS-DE-CASAS

As aberturas da construção, como portas e janelas, serão as principais fontes de ventilação e iluminação da edificação. Além do conceito, essa etapa exige cálculos detalhados para garantir que a abertura projetada supre as necessidades da área daquele ambiente.

Lembre-se das tomadas

TOMADAS-PROJETO-DE-CASAS

É necessário que seja feito um levantamento preciso da quantidade de tomadas necessárias e da posição de cada uma. Muita gente acha que instalar o máximo de tomadas possível em todos os lugares seja o ideal, mas não é bem assim.

Cada projeto tem sua carga prevista específica e não pode sobrecarregar o quadro de luz. Por isso, todos os eletrodomésticos precisam ser listados para que o levantamento seja perfeito.

Inspiração de projetos de casas

As opções são muitas e as combinações praticamente infinitas. Cada Sistema construtivo, material, área definida e detalhes tem uma função e suprem necessidades diferentes.

Qual usar depende exclusivamente do cliente e das necessidades particulares dele.

Preparamos 8 projetos de casas diferentes para te inspirar na hora de projetar. Acompanhe!

Projetos de casas pequenas

Projetos de casas pequenas

Projetos de casas pequenas

Projetos de casas pequenas

Projetos de casas modernas

Projetos de casas modernas

Projetos de casasProjetos de casas modernas

Projetos de casas modernas

Projetos de casas térreas

Projetos de casas térreas

Projetos de casas térreas

Projeto de casa de madeira

Projeto de casa de madeira

Projeto de casa de madeira

Projetos de casas

Projeto de casa de madeira

Projeto de casa de campo

Projeto de casa de campo

Projeto casa geminada

Projeto casa geminada

Projeto casa geminada

Projetos de casas com piscina

Projetos de casas com piscina

Projetos de casas com piscina

Projetos casas sustentáveis

Projetos casas sustentáveis

Cursos para criar projetos de casas

Como você pode ver, a arquitetura é muito ampla e dentro de apenas um setor, neste caso o de construção de casas, existem muitas possibilidades.

São diversos sistemas diferentes, muitos detalhes que precisam ser levados em conta, várias opções de tipos de casas e muito mais.

Veja também:  Quais são os tipos de projetos de arquitetura que existem?

Mas falando especificamente sobre projetos de casas,existem, além das dicas que demos aqui, várias etapas que são indispensáveis para garantir o sucesso do seu projeto, e você pode conferir todas elas em:  Projeto de arquitetura: etapas do projeto, como cobrar e como fazer.

Com todas as etapas em mente e os detalhes anotados,  você já pode começar a projetar. Para te ajudar a colocar todas as suas idéias em prática e conseguir representar da melhor forma todas as necessidades do seu projeto, nós preparamos cursos COMPLETOS e CERTIFICADOS dos melhores programas da área, são eles:

AutoCad + Sketchup – Com uma metodologia exclusiva, no nosso curso de SketchUp você pode aprender desde técnicas de modelagem 3D e texturização à animação e renders realistas. No AutoCad você aprende as melhores técnicas para fazer plantas e desenhos técnicos de alta qualidade. Acesse.

Revit – Por ser um programa embasado na tecnologia BIM, o Revit é super completo e possibilita que o usuário desenvolva praticamente todas as etapas da criação de um projeto e seus sistemas complementares nele.Com o nosso curso de Revit você economiza seu tempo. Acesse.

Conclusão

Conhecer muitos detalhes e as melhores técnicas para sua área de atuação é muito importante. Um projeto bem embasado, desenvolvido e executado é possível, e para isso basta ter conhecimento para executar, ter paciência e planejamento.

Existem diversos softwares e recursos criados para facilitar a vida do profissional de criação e para otimizar o tempo de obra. Dominar essas ferramentas é a diferenciação necessária para qualquer profissional que deseja se inserir no mercado e atrair clientes mais qualificados.

E antes de qualquer coisa, dominar as técnicas existentes para a execução do projeto, entender como uma residência funciona e estar atento a todas as necessidades dos futuros moradores.

É extremamente importante lembrar que a arquitetura é feita para pessoas. Proporcionar boas experiências, conforto e funcionalidade para o dia a dia de quem for utilizar a arquitetura projetada é o que define um bom projeto.

E então, o que achou do artigo? Conte para mim nos comentários.