Planta humanizada, saiba mais sobre este recurso elaborado para a apresentação de projetos de forma mais didática que tem o objetivo de facilitar a visualização e entendimento do seu projeto.

O que é uma planta humanizada?

O que é uma planta humanizada?

De acordo com o dicionário, o termo “Humanizar” quer dizer “tornar humano” ou “tornar afável”, isso quer dizer “tornar real”, ou seja, uma planta humanizada usa de elementos para deixá-la mais parecida o possível com a realidade.

Plantas realistas devem possuir mais do que a estrutura crua do projeto, elas precisam ter luz, sombra, ilustração de elementos e diferentes texturas.

Qual é a diferença entre planta baixa e planta humanizada?

Apesar dos termos serem parecidos a diferença é muito grande. A planta humanizada é também uma planta baixa, porém apresentada de forma completa e não só básica do projeto, como a planta técnica.

A planta baixa traz a representação da estrutura da construção como as paredes e o layout.

Já na planta humanizada alguns elementos tem destaque de forma diferente. Para se criar uma representação humanizada é necessário dar atenção à alguns elementos como:

  • Cores
  • Mobiliário
  • Acessórios
  • Texturas
  • Luz
  • Paisagismo
  • Representação humana
  • Escala

O objetivo da planta humanizada é que seja possível apresentar o projeto com objetividade e clareza para que o cliente entenda o projeto sem a dificuldade da linguagem técnica que o desenho arquitetônico comum de plantas baixas possui.

Por que fazer uma planta humanizada?

A utilização deste recurso traz benefícios ao arquiteto e ao cliente. Seja um grande empreendimento residencial feito por uma grande construtora, seja uma pequena residência projetada por um arquiteto autônomo.

Utilizar a humanização fortalece o catálogo de vendas, atraindo clientes e investidores, mesmo que o empreendimento esteja em fase inicial de execução, superando assim, as expectativas em relação ao retorno daquele projeto.

O conceito de planta humanizada estabelece a ideia final do seu trabalho validando a ideia do profissional para com o cliente e vendendo definitivamente o projeto.

A planta humanizada é fator de diferenciação no mercado, há profissionais que trabalham exclusivamente com isso, projetando ambientes de acordo com o briefing e escopo do projeto enviado por clientes, arquitetos ou não.

Benefícios de uma planta humanizada

Benefícios de uma planta humanizada

Os principais benefícios são:

  1. Permite a visualização clara do layout;
  2. Ajuda pessoas leigas a compreenderem o projeto;
  3. Facilita na interpretação do tamanho dos ambientes;
  4. Sugere a adequação do mobiliário e demais instalações;
  5. Cria uma noção real sobre a função dos espaços.
  6. Fideliza a descrição dos detalhes.

Quando utilizada em um loteamento ela pode demonstrar todas as características de funcionalidade com a representação das calçadas, da vegetação, dos córregos e rios, da portaria, do saneamento básico e das edificações do entorno.

Em imóveis, a planta baixa humanizada pede a representação dos móveis, da circulação, dos revestimentos e das pinturas, dos objetos decorativos e demais acessórios do espaço, das portas e janelas, pontos hidráulicos, áreas e medidas.

Para quem é indicado um projeto com planta humanizada?

A planta humanizada é um recurso de representação usado para que o cliente possa entender com clareza a proposta do profissional que contratou.

Como é uma versão mais realista e menos técnica de uma planta baixa, ela é mais comumente usada por profissionais da área da construção como arquitetos e engenheiros.

Indicada também para empreendedores imobiliários pois ajuda na venda de projetos ainda na planta e para designers de interiores pois permite mais dinamismo e menor complexidade, já que utiliza de recursos como cores, texturas, iluminação, sombra e objetos de decoração detalhados.

Veja também:  Dica de empreendedorismo de Arquitetura - Fique perto das pessoas certas

Mas, como fazer planta humanizada?

A criação de uma planta tem vários processos que vão desde a concepção do projeto até a revisão final.

Projetos que incluem a planta humanizada precisam de pelo menos um briefing bem definido, ou seja, a informação a respeito do projeto tem que estar muito clara, uma reunião com o cliente é necessária para alinhar tudo.

Diversos são os programas e recursos voltados para isso e para aprender a fazer uma planta humanizada de qualidade é preciso muita atenção na escolha dos elementos que vão compor seu desenho.

Existem ferramentas que facilitam o trabalho, reduzindo a quantidade de tempo na renderização dos objetos e aumentando a qualidade do que está sendo construído.

Mais importante que o programa escolhido é o quanto você entende dele, é muito recomendado que arquitetos, mesmo que ainda estudantes de arquitetura e design de interiores, façam algum curso e se especializem em algum software.

Dominar um programa específico é o que pode deixar os projetos ainda melhores, a habilidade em um só programa é melhor que saber um pouco de todos, porque só conhecendo o software a fundo você consegue extrair o máximo dele e tornar seus projetos mais reais e profissionais.

O que facilita a elaboração de uma planta humanizada profissional são as referências, além, claro, do perfeccionismo e o bom gosto do arquiteto, além de uma excelente interpretação dos desejos do cliente.

Pisos, cores, revestimentos, móveis, texturas, cenas variadas de todos os ambientes, além de detalhes na decoração que fazem toda a diferença devem fazer parte do projeto e serem muito bem representados nas plantas humanizadas.

Isso tudo é necessário para que o número de revisões no projeto não ultrapasse os limites e para que o cliente tenha em mente que precisa focar em mudanças realmente necessárias na planta humanizada.

Programas para criar uma planta humanizada

Programas para criar uma planta humanizada

Como citado anteriormente existem infinitas ferramentas que possibilitam a elaboração de plantas humanizadas. Algumas criadas já com essa finalidade e outras, como por exemplo o Photoshop e o Corel Draw que não são específicas para isso porém possuem recursos tão bons que acabam sendo as mais usadas.

Os principais programas usados na concepção de plantas humanizadas, entre modeladores 3D e editores de imagem são:

1. Planta humanizada pelo Corel Draw

O Corel Draw é um programa de desenhos 2D. Na arquitetura ele é usado para a representação do projeto através de uma ilustração e plantas humanizadas.

Neste software é possível desenhar a planta do zero ou importar uma imagem da sua planta da galeria e desenhar por cima ou aperfeiçoá-la.

No Corel Draw você já pode também fazer uma configuração de página e montar sua prancha diretamente no programa.

2. Planta humanizada pelo AutoCAD

Mesmo o Autocad sendo mais utilizado para o desenvolvimento de desenhos técnicos ele também possui ferramentas 3D e possibilita desenhos 2D mais elaborados.

Existe uma infinidade de blocos de fácil acesso que vão auxiliar na criação de layouts mais completos e profissionais.

Neste software, para desenvolver a planta humanizada basta adicionar detalhes à sua planta baixa. Desde a adição da hachura, que já é um recurso básico, até a importação de blocos.

Veja também:  Projeto de decoração de interiores: 3 coisas que você não pode se esquecer!

Blocos de Autocad existem muitos e com grande variação de design, é possível pode encontrar carros, plantas, detalhes decorativos como vasos, louças sanitárias, quadros, televisões e muitos outros elementos.

Claro que você também pode desenvolver seu próprio elemento e bloco. Todos eles devem ser editados e aperfeiçoados através de cores e texturas, padrões e sombras. É possível também a aplicação de pisos.

-> Curso de AutoCad

3. Planta humanizada pelo SketchUp

O SkecthUp é um modelador 3D desenvolvido pela At Last Software e que, posteriormente, foi comprado pela Google e atualmente pertencente a Trimble Navigation.

O software funciona de forma mais intuitiva do que os outros softwares voltados para arquitetura existentes até então.

Com ferramentas claras, bem definidas e desenvolvidas o programa te permite fazer a modelagem 3D do projeto completo, desde a estrutura aos móveis e menores detalhes de decoração.

Para fazer, basta tirar uma imagem da vista superior da sua planta. Por isso, neste programa é importante caprichar bastante nos detalhes para que a imagem tirada possa ser a mesma apresentada ao cliente.

4. Planta humanizada pelo Lumion

O Lumion é um software de renderização, originalmente pensado para jogos RPG, porém seus desenvolvedores perceberam a amplitude das maquetes eletrônicas e trabalharam para que ele funcionasse para essa finalidade.

Este não é, como o anterior, um software de modelagem 3D. Ele trabalha renderizando imagens importadas. Ou seja, é um trabalho em conjuntos de dois programas.

Como o render busca transformar uma imagem em algo o mais realista possível, aqui a imagem final das plantas humanizadas é entregue mais parecida com a realidade, nos quesitos de texturas e luz.

-> Curso de Lumion

5. Planta humanizada pelo Photoshop

O Photoshop, por ser um programa de edição de imagem e não de modelagem, segue uma linha que se assemelha mais com o Corel Draw do que dos outros softwares desta lista.

É possível sim desenhar a planta já existente em outro programa do zero no Photoshop, mas também é possível importar a imagem e desenhar por cima.

Este é um programa já muito usado para complementar as imagens e renderizações feitas na arquitetura.

Normalmente ele é usado para complementar imagens que foram finalizadas com menos elementos para serem mais leves. É possível colocar sombras, elementos menores como figuras humanas, vegetação e decoração, e até elementos maiores como entorno e céu, por exemplo.

A planta humanizada neste programa funciona da mesma forma, importando a imagem de uma planta desenvolvida em um software de modelagem para ele, existem diversas opções diferentes e recursos para editá-la e humanizá-la.

Afinal, qual o melhor programa ou software para fazer planta humanizada?

Afinal, qual o melhor programa ou software para fazer planta humanizada?

A finalidade da planta vai determinar qual programa você vai utilizar. Em grandes empreendimentos com fins comerciais principalmente as de alto padrão, normalmente não se utiliza plantas humanizadas do AutoCAD ou Sketchup, utilizam-se programas de maior expressão gráfica como o Corel e Photoshop.

Tudo depende do seu objetivo e do resultado final desejado. No fim das contas a planta humanizada é nada mais, nada menos do que uma imagem detalhada do projeto.

Existem vários softwares de desenho e modelagem 3D e vários programas de desenho e edição de imagem, é preciso selecionar um que supra as necessidades da sua planta humanizada.

Veja também:  Wood frame, o que é? Vantagens, desvantagens e características

A forma mais eficiente de trabalhar com plantas humanizadas é trabalhando com dois programas juntos. Um para preparar o desenho e um programa de edição de imagem para a finalização.

Blocos para planta humanizada

Seu cliente não quer morar em um desenho. Se seu projeto, representações 3D e plantas humanizadas tem o objetivo de mostrar para o cliente como o projeto ficaria finalizado, é de extrema importância deixar essa representação mais realista possível.

Para isso usamos a pós-produção, muitas vezes a renderização final não é o suficiente. Na planta humanizada os elementos indispensáveis para isso são os blocos de qualidade.

Na internet existe uma infinidade de blocos, mas é preciso de atentar pois muitos deles são blocos de Autocad coloridos e chapados, nada realistas.

É possível encontrar muitas bibliotecas bastante completas de blocos para planta humanizada na internet, algumas gratuitas e outras pagas.

Aprenda como fazer planta humanizada!

Aprenda como fazer planta humanizada!

Para fazer uma planta humanizada existem alguns passos que são indispensáveis. O primeiro passo é ter seu projeto e depois, sabendo as necessidades do mesmo, escolher os programas que se encaixam melhor. Não se esqueça de:

  • Usar blocos de qualidade;
  • Checar se os blocos estão na escala correta;
  • Prestar atenção aos detalhes;
  • Dar importância à iluminação e sombras (essas são as maiores aliadas para garantir o realismo do seu projeto);
  • Escolher uma paleta de cores coerente;
  • Aplicar texturas;
  • Use hachuras sólidas para preencher partes do seu projeto como paredes e espaços vazios.

Se você tiver interesse em se aprofundar mais sobre como fazer planta humanizada, conheça os cursos disponíveis.

Conclusão

Agora você já está por dentro do conceito, aplicações e vantagens da utilização de uma planta humanizada. São muitos detalhes e conhecer as melhores técnicas e os materiais mais qualificados para sua área de atuação é muito importante.

Isso tudo é necessário para que o número de revisões no projeto não ultrapasse os limites e para que o cliente tenha em mente que precisa focar em mudanças realmente necessárias na planta humanizada.

A planta humanizada ajuda e é a diferenciação necessária para qualquer profissional que deseja se inserir no mercado e atrair clientes mais qualificados!

Investir em conhecimento desse tipo de ação é tornar você um profissional mais completo e pronto para alcançar expectativas maiores!